Home / Brasil / Assassino morre sufocado em túnel que escavou para fugir da prisão

Assassino morre sufocado em túnel que escavou para fugir da prisão

Um homem morreu sufocado no interior de um túnel que escavou, por baixo da sanita, para fugir da prisão no Brasil.

Judson Cunha Evangelista, de 26 anos, passou vários meses a escavar o buraco. O túnel de 70 metros de extensão que a polícia encontrou, na segunda-feira, já chegava mesmo ao exterior do estabelecimento prisional de Agrícola de Monte Cristo, em Roraima.

Na derradeira tentativa para fugir da prisão, o homem sentiu-se mal no interior do buraco devido à falta de ar. Apesar de ter conseguido regressar à cela, avança a “Globo”, morreu pouco tempo depois.

O túnel, que começava por baixo da sanita do prisioneiro condenado por homicídio, tinha uma série de fios elétricos e uma lâmpada no fim, destinada a orientar os prisioneiros até à saída.

Na operação policial que se seguiu à descoberta do corpo do homem na cela estiveram envolvidos 150 policias que demoraram sete horas para localizarem o túnel.

pub