Home / Desporto / FIFA diz que árbitro não recorreu ao videoárbitro no primeiro golo de Espanha

FIFA diz que árbitro não recorreu ao videoárbitro no primeiro golo de Espanha

A FIFA afirmou que Gianluca Rocchi, o árbitro do jogo Portugal-Espanha, não recorreu ao videoárbitro no lance que levou ao primeiro golo de Espanha.

O árbitro do jogo Portugal-Espanha (3-3), Gianluca Rocchi, recorreu a “uma verificação” do lance que levou ao primeiro golo de Espanha sem, no entanto, visionar o videoárbitro (VAR), indicou a FIFA este sábado.

“O árbitro teve uma comunicação com o árbitro principal (VAR) sobre o golo de Diego Costa, após o contacto com Pepe. Ele perguntou ‘rapazes, viram alguma coisa?’ e os assistentes responderam ‘Está bom, Gianluca, continua‘”, explicou a instância suprema do futebol, em declarações à AFP.

O lance do golo de Diego Costa fica marcado pela polémica dado que o avançado espanhol carregou sobre Pepe e atingiu-o com o braço para lhe roubar a bola.

Segundo o Correio da Manhã, que cita uma sondagem o maior jornal desportivo espanhol – Marca – até os espanhóis dão o braço a torcer. Entre mais de 10 mil votantes, 53% acha que foi falta.

O VAR não foi, contudo, utilizado ainda no Mundial de Futebol, indicou a FIFA. Para a sua utilização está previsto que o árbitro deva desenhar um ecrã com os seus dedos e consultar o ecrã de controlo na margem do campo.

Portugal empatou esta sexta-feira à noite com a seleção espanhola por 3-3, num jogo realizado em Sochi, na Rússia.

Após o empate com Espanha, Portugal volta a jogar na quarta-feira, com Marrocos, que se estreou com uma derrota perante o Irão (1-0), a seleção comandada pelo português Carlos Queiroz, que será o último adversário da equipa lusa no Grupo B, em jogo marcado para dia 25.

pub