Home / Moçambique / Governo de Moçambique aprova novos salários mínimos

Governo de Moçambique aprova novos salários mínimos

Os novos salários mínimos por sector de actividade de Moçambique, cujo decreto foi terça-feira aprovado em Conselho de Ministros, apresentam variações homólogas entre um máximo de 18,67% para a indústria de extracção de minerais e um mínimo de 6,44% para a construção e para a administração pública, defesa e segurança, com retroactividade a 1 de Abril.

Os trabalhadores da indústria de extracção de minerais passam assim a ganhar um mínimo de 8263 meticais (136,4 dólares) e os da construção e da administração pública, defesa e segurança passam a receber 4255 meticais (70,2 dólares).

O salário mínimo mais baixo do país passa a ser o de pescadores de “kapenta”, um peixe de águas interiores, que sobe 7,5% e se fixará em 4063 meticais (67 dólares) e o mais elevado de Moçambique continua a ser o do sector de serviços financeiros, bancos e seguros, com uma subida de 14,4% para 11 987 meticais (198 dólares).

A ministra da Administração Estatal, Carmelita Namashulua, disse no final da reunião do Conselho de Ministros que algumas categorias salariais no Estado terão um aumento de 5% e acrescentou que o governo disponibilizou 1,8 mil milhões de meticais (29,7 milhões de dólares) para despesas relacionadas com promoções, progressões e mudanças de carreira.

A ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Vitória Diogo, disse por seu turno que os novos ordenados mínimos no sector privado permitem recuperar parte da perda do poder de compra, “uma vez que estão acima da inflação anual de 2017 com uma variação homóloga de 5,65%, segundo dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística.”

pub