Home / Angola / Moçambique e Angola recebem investimentos de quase 13 mil milhões até 2025

Moçambique e Angola recebem investimentos de quase 13 mil milhões até 2025

Moçambique e Angola são, atrás da Nigéria, os dois países da África subsariana que mais investimento em ativos fixos vão receber até 2025, num total de 12,8 mil milhões de dólares.

Moçambique e Angola são, atrás da Nigéria, os dois países da África subsariana que mais investimento em ativos fixos vão receber até 2025, num total de 12,8 mil milhões de dólares, segundo a consultora Global Data. De acordo com um relatório desta consultora, que é citado no site especializado ‘Marketscreener’, a Nigéria vai receber 17,3 mil milhoes de dólares, ao passo que Moçambique será o recetor de 7,7 mil milhões em investimentos e Angola receberá 5,1 mil milhões entre este ano até 2025.

“Na África subsariana, a Nigéria lidera os investimentos em ‘Capex’ [investimento em ativos imóveis], com dez projetos de petróleo e gás a deverem começar a operar entre 2018 e 2025, seguido de Moçambique, com dois projetos”, lê-se no artigo que cita um relatório desta consultora analítica de dados.

Na Nigéria, a maior economia africana, há 13 projetos anunciados, a que se juntam mais 10 em Angola, segundo o relatório sobre os investimentos na área do petróleo e gás na África subsariana, que afirma haver um total de 64 projetos nesta área a começar as operações entre 2018 e 2025.

“A produção total de crude dos projetos anunciados e planeados na África subsariana deve chegar aos 2 milhões de barris diários em 2025 e a produção de gás deve atingir os 8,1 mil milhões de pés cúbicos por dia”, disse o analista Joseph Gatdula, citado no artigo. No total, o Estado e as empresas devem investir 40,7 mil milhões de dólares no desenvolvimento dos projetos planeados em despesas de investimento em ativos fixos, num total de 117,1 mil milhões de dólares.

pub