Home / Lusofonia / Porque é que aconselham raparigas em perigo a esconder colher na roupa?

Porque é que aconselham raparigas em perigo a esconder colher na roupa?

Ideia é esconder uma colher de metal na roupa interior, de forma segura, para poder chamar a atenção das autoridades. Medida é praticada numa cidade sueca, para prevenir crimes de género cometidos por familiares.

A cidade de Gotemburgo, na Suécia, aconselha as raparigas, que temam ser levadas para o estrangeiro para serem vítimas de casamento forçado ou mutilação genital, a colocar uma colher de metal na roupa interior antes de passar a segurança do aeroporto.

A ideia é fazer soar os alarmes dos detetores de metais para que possam ser levadas para salas isoladas, onde estejam sozinhas com os membros da segurança e, assim, poder expor a sua situação.

Katarina Idegard, encarregada de assuntos relacionados com a violência de género em Gotemburgo, adiantou, citada pela agência Reuters, que os seguranças do aeroporto foram postos ao corrente da situação.

“A colher de metal vai acionar os detetores de metais ao passar pela segurança. A pessoa é levada para um local isolado e pode falar em privado com os seguranças. É a última oportunidade para fazer soar os alarmes”, indicou a responsável.

Idegard disse não existirem, para já, dados relativos ao número de raparigas levadas para fora do país, por familiares, para casamento forçado mas adiantou que a linha de apoio local recebeu 139 chamadas no ano passado por causa de casamento forçado e casamento infantil.

A ideia terá partido de uma organização de caridade britânica, Karma Nirvana, que afiança que a tática já ajudou a impedir vários casos de casamento forçado. A instituição refere que a colher escondida na roupa interior é uma forma segura de alertar as autoridades, algo que é muito difícil quando se está rodeado por membros da família.

pub