Home / Portugal / Sindicato desafia MAI a indignar-se com fotos de idosos agredidos no estrangeiro

Sindicato desafia MAI a indignar-se com fotos de idosos agredidos no estrangeiro

A publicação mostra imagens de idosos agredidos com a legenda:”Por favor, Sr. Ministro do MAI, senhores da Amnistia Internacional, Sr.ª Câncio e todos os demais….indignem-se”.

Depois de o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, ter classificado como “absolutamente inaceitável” a divulgação de imagens dos três homens que fugiram do Tribunal de Instrução Criminal do Porto, pouco depois da recaptura, o Sindicato Vertical de Carreiras da Polícia (SVCP) reagiu, através de uma publicação no Facebook.

A publicação mostra imagens de idosos que parecem ter sido agredidos com a legenda:”Por favor, Sr. Ministro do MAI, senhores da Amnistia Internacional, Sr.ª Câncio e todos os demais….indignem-se”.

Recorde que a PSP e o Ministério da Administração Interna abriram um inquérito para averiguar quem são os responsáveis por tirar e partilhar as fotografias dos foragidos.

Num outro texto publicado pelo mesmo sindicato, e no qual é possível ver as fotografias dos homens detidos, lê-se que “partiram da certeza que aquelas fotos (da detenção) foram tiradas/recolhidas e partilhadas por POLICIAS e nem tiveram a menor dúvida ou sequer questionaram se foi um popular, pois a detenção foi efetuada num local público”.

Recorde-se que esta sexta-feira, uma fonte da PSP adiantou que “tudo indica” que as fotografias terão sido tiradas por um agente policial.

Nas fotografias é possível ler a data e hora exata do momento da detenção. Os três homens surgem algemados e sentados no chão.

Fotografias são de vítimas de outros países

Na publicação feita pelo SVCP é possível ver as caras desfiguradas de três idosos, que têm sido associadas a vítimas dos três assaltantes apanhados em Gondomar.

As três pessoas feridas não são, no entanto, portuguesas. As fotografias retratam um caso que se passou no Reino Unido e dois que se passaram no Brasil.

A primeira foto é de Catherine Smith, agredida na sua casa no sul de Londres em julho de 2017 .

A segunda fotografia é de John Junyent, dono de um restaurante na Barra da Tijuca, que foi espancado por um funcionário, também dentro da sua própria casa, em novembro de 2015.

Na terceira e última fotografia vê-se um idoso brasileiro, de 74 anos, agredido dentro de casa por um grupo de assaltantes em julho de 2013.

pub