Home / Comunidades Emigrantes / Suíça : Casal português condenado por matar os próprios cães

Suíça : Casal português condenado por matar os próprios cães

Um casal de portugueses a residir na Suíça foi, na quinta-feira, condenado por afogar mortalmente dois cães no rio Aar, na comuna de Aarburg, norte do país.

O homem e a mulher foram condenados por crimes de crueldade contra animais, depois de o tribunal de Zofingue ter dado como provada a maior parte dos factos que constavam na acusação do Ministério Público. Vão ter de cumprir, respetivamente, 20 e 16 meses de prisão com pena suspensa e pagar multas de mil e 1800 francos (836 e 1500 euros), avança o francês “Le Matin”.

De acordo com o jornal, os factos remontam a 18 de setembro de 2016 quando o arguido, de 38 anos, agrediu os dois cães, de raça pinscher, com barras de ferro, antes de os atirar ao rio Aar. Um transeunte viria a encontrar os animais mortos, seis horas depois do crime.

Segundo escreve o diário, o arguido terá agido sob pressão da mulher, que teria exigido que o marido se livrasse dos cães, por, alegadamente, não aguentar mais o cheiro e os latidos.

pub