Home / Vidas / Advogado de Cristiano Ronaldo fala em difamação e pura invenção

Advogado de Cristiano Ronaldo fala em difamação e pura invenção

O advogado que vai defender Cristiano Ronaldo nos EUA, Peter S. Christiansen, confirma que Cristiano Ronaldo assinou um acordo para evitar uma disputa legal com Kathryn Mayorga, mas diz que os documentos já revelados na imprensa que citam o jogador foram roubados e manipulados.

Num comunicado enviado à TVI, o causídico afirma que os documentos foram roubados por um hacker, que tentou vender as informações. “Esse hacker tentou vender tal informação, e um meio de comunicação acabou irresponsavelmente por publicar alguns dos documentos roubados, partes significativas dos quais foram alteradas e/ou completamente fabricadas”, escreve Christiansen.

É referida ainda uma “campanha de difamação baseada em documentos digitais roubados e facilmente manipuláveis”.

“Cristiano Ronaldo não nega que aceitou celebrar um acordo, mas as razões que o levaram a fazê-lo estão, no mínimo, a ser distorcidas”, adianta, garantindo que tudo o que se passou em Las Vegas foi consensual.

pub