Home / Angola / Angola : Motorista que provocou acidente com 18 mortos estava embriagado

Angola : Motorista que provocou acidente com 18 mortos estava embriagado

Um dos feridos do acidente de viação que na quarta-feira provocou 18 mortos na província angolana de Benguela, indicou que o condutor do miniautocarro, que embateu num camião de mercadorias parado na berma da estrada, estava alcoolizado.

Job da Costa Nascimento, militar das Forças Armadas Angolanas que viajava no miniautocarro e que saiu ligeiramente ferido do acidente, corroborou à agência noticiosa Angop a informação avançada quarta-feira por fonte da polícia, sublinhando que, ao longo do trajeto Lubango-Caimbambo, o motorista vinha a consumir álcool.

“Os passageiros chamaram várias vezes a atenção do motorista, pelo facto de constatarem que estava a consumir uma bebida energética com whisky e excedia na velocidade, ao que respondia que estava tudo controlado, até que aconteceu o acidente”, disse o militar.

O acidente, que ocorreu cerca das 00.00 horas de quarta-feira na Estrada Nacional 105, no troço Chongoroi-Katengue (Caimbambo), na província de Benguela, deu-se depois de o miniautocarro ter saído da cidade do Lubango com destino a Luanda, quando embateu contra um camião que se encontrava parado numa das bermas.

Fonte policial em Katengue apontou como causas o excesso de velocidade, aliado ao estado de embriaguez do condutor do miniautocarro.

Além das 18 vítimas mortais, entre elas um bebé de dois anos, ficaram feridos 10 passageiros, que deram entrada nos hospitais Geral de Benguela e municipal de Caimbambo.

Dos 10 feridos, sete já tiveram alta, permanecendo internados os restantes três, dois com fratura do fémur e estão livres de perigo, enquanto o terceiro tem um traumatismo crânio encefálico severo, situação que inspira cuidados, devendo passar, se a situação se mantiver, para a unidade de cuidados intensivos.

Numa nota de condolências, o governo provincial de Benguela manifestou consternação pelo acidente e expressou sentimentos de pesar aos familiares das vítimas mortais e votos de rápidas melhoras aos feridos.

pub