Home / Brasil / Bolsonaro foi à igreja. “Não sou o mais capacitado, mas Deus capacita os escolhidos”

Bolsonaro foi à igreja. “Não sou o mais capacitado, mas Deus capacita os escolhidos”

“[Fui eleito com] 90% da grande media batendo na gente. Fui acusado do que eles são: calúnias e difamações”, disse o Presidente eleito na Assembleia de Deus do pastor Silas Malafaia, que transmitiu tudo nas redes sociais.

Foi o primeiro ato público depois de ter sido eleito Presidente do Brasil no último domingo. Jair Bolsonaro foi, esta terça-feira, a um culto na Assembleia de Deus Vitória em Cristo do pastor evangélico Silas Malafaia, que o apoiou na campanha e celebrou o seu casamento com Michelle Bolsonaro.

O Presidente eleito discursou ao pé de Malafaia, que transmitiu a sessão nas redes sociais, e logo agradeceu a Deus ter sobrevivido ao esfaqueamento durante uma ação de campanha em setembro, conta a reportagem d’ A Folha de São Paulo. “Eu tenho a certeza que eu não sou o mais capacitado, mas Deus capacita os escolhidos”, afirmou Bolsonaro, que foi recebido com uma ovação.

“Isso é para comemorar ou é para a gente, cada vez mais, pensar com mais profundidade o tamanho de todos os desafios que teremos pela frente?” Esta foi a reação do deputado federal depois de saber que tinha sido eleito com quase 58 milhões de votos. Bolsonaro contou ainda que chorou quando o soube.

Outro dos pontos do seu discurso foi uma dura crítica à imprensa. “[Fui eleito com] 90% da grande media batendo na gente. Fui acusado do que eles são: calúnias e difamações.”

O pastor Malafaia seguiu o tom de Bolsonaro e, no seu discurso, que incluiu críticas a Lula da Silva, continou: “Quero dizer a toda a imprensa que nós não estamos votando em candidato a Deus. Nós estamos votando em alguém para mudar a história da nossa nação.”

pub