Home / Mundo / Chamas no centro de Paris

Chamas no centro de Paris

Polícia e manifestantes entraram em confronto nas pontes sobre o rio Sena, entre os museus de Orsay e do Louvre, perto da Assembleia Nacional e das praças dos Inválidos e da Concórdia. Milhares de “coletes amarelos” protestavam esta tarde no centro da capital francesa.

Alguns milhares de “coletes amarelos” (quatro mil, segundo fontes oficiais) manifestavam-se esta tarde, “mais ou menos pacificamente”, no centro de Paris.

Mas, repentinamente, confrontos entre alguns deles e a polícia eclodiram em pontes sobre o rio Sena, entre os museus de Orsay e do Louvre, perto da Assembleia Nacional e das praças dos Inválidos e da Concórdia. Situação continuava muito tensa na zona às 15h30 locais, onde durante meia hora já tinham sido disparadas dezenas de granadas lacrimogéneas.

Primeiras manifestações de 2019 também reúnem milhares de “coletes” noutras cidades francesas, onde se verificam por vezes confrontos esporádicos com as forças da ordem.

Um grande barco turístico, com restaurante, foi incendiado no rio Sena, na zona entre os museus de Orsay e do Louvre.

Barricadas estavam também a arder às 16h30 no Boulevard Saint-Germain, que liga a zona da Assembleia Nacional ao Quartier Latin, principal palco da revolta da juventude, em maio de 1968.

A essa hora, menos uma hora em Portugal continental, carros e motos estavam a ser indendiados na conhecida avenida parisiense

pub