Home / Vidas / Cristina Ferreira traída por todos

Cristina Ferreira traída por todos

Com a mudança de canal, apresentadora já começa a sentir algumas diferenças de tratamento por parte dos antigos colegas.

Cristina Ferreira mudou de vida ao assinar contrato com a SIC e prepara-se para começar um novo ciclo no pequeno ecrã sem aqueles que, em tempos, considerava os seus braços-direitos.

E a verdade é que a apresentadora já confidenciou que está pronta para perder amigos devido à batalha de audiências. A guerra com a antiga estação ainda mal começou, uma vez que Cristina ainda não se apresentou nos ecrãs, mas a verdade é que o mal-estar com os seus antigos companheiros já teve início. A primeira ‘troca de disparos’ foi com Manuel Luís Goucha, que não terá gostado de saber que Cristina estava a sondar alguns antigos colaboradores para mudarem de canal, como foi o caso de Aníbal Pinto.

O caso foi exposto em direto pelo advogado, que revelou ter sido contactado por Cristina Ferreira mas não ter aceitado, o que deixou Manuel Luís Goucha surpreendido. “Apesar de terem dito que a amizade nunca sairia beliscada, é inevitável que haja alguns confrontos ao longo deste percurso. Há muita pressão para que ambos ganhem nas audiências e claro que as coisas nunca mais vão ser como eram”, diz uma fonte. Mas a verdade é que desde que saiu da TVI foram várias as pessoas que se foram, aos poucos, afastando de Cristina.

Bruno Santos, diretor de Programas do canal, foi o primeiro a fazer o corte com a apresentadora, ao afirmar que Cristina nunca foi a maior estrela da TVI. “Nós nunca encarámos a Cristina Ferreira como o rosto mais importante da TVI.

Nunca tivemos esse discurso. Tínhamos, sim, uma primeira linha de apresentadores – composta pelo Manuel [Luís Goucha], pela Fátima [Lopes] e pela Cristina. Continuamos a ter esses dois. Ninguém é insubstituível”, fez saber o profissional.

Mas não foi o único. Numa entrevista mais recente, Judite Sousa também surpreendeu ao desvalorizar a saída da amiga Cristina Ferreira para a concorrência. “A saída da Cristina não me preocupa absolutamente nada. Nestes sete anos de TVI, há uma coisa que verifiquei e concluí: A TVI é a estação mais dinâmica que existe em Portugal, que em 24 horas é capaz de dar a volta ao texto e encontrar soluções.

Às vezes, achamos que o Mundo vai desabar no dia seguinte, mas, de repente, alguém tira um Ás”, fez saber Judite, mostrando estar pouco preocupada com a saída da sua antiga amiga da estação.

Cristina Ferreira apresenta reality show na SIC “É claro que a Cristina fica melindrada com tudo aquilo que tem ouvido, mas sabe o seu valor e tudo isto só lhe dá mais vontade de vencer esta batalha, até porque se algumas pessoas lhe estão a virar as costas, também já tem pessoas que lhe estão a dar a mão no seu novo canal. Ela sabia que ia ser assim.

Só vão ficar os verdadeiros amigos e isso a Cristina sabe que tem poucos, e que são quase todos de fora do meio televisivo”.

OS NOVOS APOIOS

Entre os novos aliados de Cristina Ferreira está Daniel Oliveira, a quem a apresentadora já teceu os mais variados elogios.

“É claro que a Cristina gostava de ter mais pessoas da equipa dela, o conforto seria maior. Mas decidiu arriscar e está confiante. O Daniel está a fazer tudo para a integrar o melhor possível. Está muito satisfeita e sente que encontrou uma pessoa que tem a mesma visão do que ela perante a televisão”, diz uma fonte.

Para trás ficaram alguns amigos, como Ruben Rua e Pedro Teixeira, com quem a apresentadora continua a manter uma excelente relação. “Com eles as coisas continuam exatamente iguais. E a verdade é que tanto o Ruben como o Pedro adorariam poder trabalhar com a Cristina na SIC.

E, acima de tudo, não se sentem ameaçados pela saída dela. Quem tem necessidade de falar para mostrar que está tudo bem é porque estará com medo de alguma coisa”. Apesar das críticas e das declarações menos simpáticas, Cristina mostra-se confiante e segura. “Aos 41 anos e principalmente ao longo dos últimos anos, em que consolidou a carreira, a Cristina tornou-se numa mulher muito segura do seu valor.

É uma máquina de trabalho, sabe aquilo que deu à TVI, por isso desvaloriza as críticas e tudo o que agora possam dizer. Até sente isto tudo como algum ressabiamento. Está tranquila e pronta para a luta. Não tem medo da batalha de audiências”, diz a fonte.

pub