Home / Comunidades Emigrantes / Portugal assegura acolhimento de todos os emigrantes na Venezuela que queiram regressar

Portugal assegura acolhimento de todos os emigrantes na Venezuela que queiram regressar

Ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva, fez o anúncio esta terça-feira.

Portugal está preparado para acolher todos os portugueses e luso-descendentes que vivam na Venezuela e decidam regressar a Portugal, assegurou o ministro dos Negócios Estrangeiros português, Augusto Santos Silva.

“Nós estamos preparados para acolher todos aqueles que entendam exercer o seu direito de regressar a Portugal”, disse o ministro numa conferência de imprensa em Lisboa com a chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini.

Santos Silva precisou que esse acolhimento está preparado para ser feito “nos centros de emprego, no sistema de saúde, nas escolas e no sistema de segurança e proteção social”.

O ministro frisou contudo que “a preocupação maior” do Governo português neste momento “continua a ser com o bem-estar dos portugueses e lusodescendentes que estão a residir na Venezuela”.

“É aí que concentramos todos os nossos esforços”, disse.

Augusto Santos Silva foi também questionado sobre a morte, hoje de madrugada, de um vereador municipal em Caracas, Fernando Albán, que caiu de um 10.º andar onde estava a ser interrogado nos serviços de informações, morte que a oposição atribui ao regime de Nicolas Maduro.

“Estamos a tentar obter todas as informações”, disse, considerando no entanto “muito lamentável” a morte de uma figura política.

Santos Silva frisou que este tipo de incidente “só prejudica as circunstâncias de segurança, estabilidade e previsibilidade”.

pub