Home / Mundo / Professor e aluno envolveram-se numa luta na sala de aula

Professor e aluno envolveram-se numa luta na sala de aula

O professor terá ordenado que o estudante saísse da sala. Este não saiu e começou a proferir insultos racistas.

Uma aula de música na escola secundária Maywood Academy, em Los Angeles, foi interrompida na passada sexta-feira da pior forma possível. O professor, Marston Riley, de 64 anos, envolveu-se numa luta com um dos alunos, um rapaz de 14 anos, revela a KTLA-TV. O momento foi captado por outros alunos que estavam na sala de aula.

Os alunos dizem que o incidente começou quando Marston Riley pediu ao aluno para sair da sala, já que não envergava a roupa adequada. O estudante recusou e começou uma acesa troca de palavras entre ambos. Por diversas vezes ouve-se o aluno a chamar ‘nigga’ (significa negro e é uma expressão que tem uma grande conotação racista) ao professor, entre outros insultos de cariz racista.

O professor perde a paciência e agride o aluno com um soco. Os dois começam a desferir socos. A dada altura, o professor agarra no jovem e agride-o repetidamente. Uma segurança da escola intervém e separa momentaneamente os dois, mas o professor ainda persegue o aluno e volta a esmurrá-lo. Outro estudante chega a atingir Riley com um soco antes da luta ser definitivamente interrompida quando mais funcionários da escola entram na sala.

O rapaz ficou com ferimentos leves e foi levado para o hospital para ser tratado. Já o professor foi detido pela polícia de Los Angeles County. Saiu em liberdade no dia seguinte, depois de pagar fiança. No dia 30 de novembro será presente a tribunal.

O distrito escolar de Los Angeles mostrou-se “extremamente perturbado” com este incidente e já anunciou que vai colaborar com as autoridades na investigação.

pub