Home / Desporto / Sp.Braga vence Moreirense e cola-se ao F.C.Porto na liderança

Sp.Braga vence Moreirense e cola-se ao F.C.Porto na liderança

Os minhotos somam os mesmos 24 pontos do líder e campeão FC Porto, que visita o rival Boavista no domingo.

O Sporting de Braga venceu, este sábado, o Moreirense, por 2-0, num bom jogo de futebol da 11.ª jornada da I Liga em que foi, sobretudo, mais eficaz, continuando nos lugares cimeiros da tabela.

Wilson Eduardo marcou o primeiro, de penálti (12 minutos), e Paulinho o segundo (25), sentenciando na primeira parte o resultado final de um jogo em que o Moreirense deixou uma boa imagem, mas foi perdulário.

O Sporting de Braga voltou aos triunfos no campeonato depois da derrota no Dragão, frente ao FC Porto (1-0), e cola-se, provisoriamente, aos portistas na liderança (jogam no domingo, no terreno do Boavista).

Já o Moreirense viu interrompida a série de cinco vitórias seguidas em todas as competições, três no campeonato, uma delas em pleno Estádio da Luz, frente ao Benfica (3-1), há cerca de um mês.

Os bracarenses justificaram os três pontos conquistados, mas os ‘cónegos’ deram muita luta e foram os primeiros a poder marcar, logo aos cinco minutos, mas Arsénio, após grande passe de Chiquinho, atirou ao lado.

Seria a equipa da casa a inaugurar o marcador, num momento em que o árbitro foi protagonista.

Manuel Oliveira deixou seguir o lance na área visitante depois de um remate de Ricardo Horta ter embatido na mão de Aberhoun e, só depois de já ter advertido o treinador ‘arsenalista’ Abel Ferreira pelos protestos, foi ver as imagens do videoárbitro e marcou a grande penalidade que Wilson Eduardo converteria.

O Braga estava agora por ‘cima’ do jogo com Paulinho em evidência em dois remates a que Jhonatan se opôs bem (17 e 20).

À terceira, contudo, foi de vez: grande passe de Claudemir para as costas dos centrais contrários e remate de primeira de Paulinho, um golo de bonito efeito do avançado bracarense (25).

Pouco depois, Nené surgiu na ‘cara’ de Tiago Sá, mas não conseguiu desfeitear o guardião dos bracarenses, desperdiçando uma grande ocasião para ‘meter’ novamente o Moreirense na partida (28).

A equipa de Moreira de Cónegos entrou muito bem na segunda parte e criou perigo num par de situações, com destaque para um lance em que o recém-entrado ao intervalo Heriberto Tavares atirou contra Tiago Sá (51).

O Braga respondeu pouco depois com um cabeceamento de Wilson Eduardo que Jhonatan defendeu como se fosse um guarda-redes de andebol (57) e, só aos 71 minutos, voltou a haver perigo com o Moreirense novamente perto do golo, com um remate ao poste de Heriberto Tavares.

Abel Ferreira lançou Dyego Sousa e Ivo Vieira apostou em Bilel (Neto saiu lesionado), mas o Moreirense já tinha perdido a intensidade há algum tempo e os ‘arsenalistas’ controlaram a partida até ao final.

pub